Chrome virou padrão

Ultimamente andava percebendo meu Firefox lento demais. Não acreditando que eram as extensões instaladas no mesmo, decidi remover todas para verificar a performance. Não teve jeito, o navegador continuava sedento por memória.

Então lembrei-me do Google Chrome e que já tinham lançado uma versão do mesmo para Mac. Resolvi testá-la e comparar a performance dos dois, principalmente na alocação de memória e no uso desta. A surpresa foi gratificante. O Chrome em meu sistema utiliza menos de 10% da memória do Firefox (sem contar o help) e o uso de processamento é zero (quase isso).

[media-credit id=2 align="aligncenter" width="600"]iMac Monitor
A tela do Monitor de Processos mostrando o “fominha”

[/media-credit]

Mas somente velocidade e performance não poderiam ser os motivos para a troca. Precisava também verificar a compatibilidade do mesmo com os sites na web. Para isso acessei netbanking, sites de notícias, redes sociais, meus sites (claro!), sites de clientes e alguns mais exdrúxulos como galerias de fotos cheias de recursos visuais. Mesmo com tudo isso ele se comportou perfeitamente e destronou o Firefox como navegador padrão de minha máquina.

A única coisa lamentável nele é a falta de dois plug-ins importantes para meu dia-a-dia: o 1Password (ainda está na versão alpha) e o WebDeveloper. De resto, valeu a pena.

3 respostas
  1. Caio Gondim says:

    Paulino,

    O Chrome utiliza uma arquitetura diferente do Firefox.

    Cada aba do Chrome e um processo separado. Ele foi desenhado assim caso uma aba ‘crashe’, não leva o navegador inteiro.

    O processo que vc ve ai, chamado Google Chrome, é apenas a UI do Chrome. Os processos chamados ChromeHelper, esse sim são as abas.

    Portanto, para fazer este comparativo, vc teria q somar todos os helpers.

    O Chrome utiliza mais memória devido a usar esta abordagem multi-processo, porém é infinitas vezes mais rápido e estável.

    Espero que tenha sid claro.

    Abraços.

    Responder
  2. Iúri says:

    Olá Paulino,

    Antes mesmo do lançamento do Chrome percebi que o FF é um grande devorador de memória – com a quantidade de abas que abro, normalmente ele consome me torno de 400 MB. Porém, como dito pelo Ricardo no comentário anterior, há alguns plugins que fazem muita diferença na utilização do FF e, enquanto não houver algo parecido para o Chrome, o FF ainda continua o oficial.

    Abraços.

    Responder

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>